Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Último dia de Expointer foi de chuva, boas vendas e promoções

Publicação:

Agricultura Familiar   3954 (1)
Produtos como queijos, salames e mel fizeram sucesso no Pavilhão da Agricultura Familiar - Foto: Alessandra Bruny/Agência Preview
O último domingo da Expointer 2016 foi de chuva e bom movimento na 33ª Expoargs - Exposição de Artesanato do Rio Grande do Sul. Foram comercializadas, até sábado, 22.755 peças, totalizando R$ 137.887,20. A expectativa de Marlene Leal Garcia, coordenadora do Programa Gaúcho do Artesanato, era de que até as 18h os números se aproximassem do registrado em 2014, algo em torno de R$ 1,1 milhão. 

"Apesar da chuva e da crise, trabalhamos com um aumento de 10% nas vendas. No ano passado, comercializamos R$ 980 mil durante todo o evento. Agora, até sábado, foram  R$ 942.522,80. Ainda temos hoje (4), e vamos chegar ao percentual trabalhado", disse Marlene.

No Pavilhão da Agricultura Familiar, o dia começou com várias promoções de produtos, como queijos, salames e mel. Os produtores sempre acabam dando desconto para não voltar com a mercadoria para casa, diferente da Expoargs. Dali, os artesãos já partem para outras feiras, como explicam os organizadores da Feira da Agricultura Familiar, que este ano recebeu 227 expositores de vinhos, sucos, queijos, embutidos, artesanato, plantas e flores, produzidos por 1.607 famílias. O valor acumulado até sábado foi de R$ 1.819.852,66.

Texto: Roberta Amaral
Edição: Rui Felten/Secom
 
cleardot.gif
Expointer 2016